CARÁTER E O SACO DE SAL

Peter Schutz certa vez disse: “Contrate caráter, e treine as habilidades”. Uma simples frase, mas com muita verdade.

Habilidades são treinadas e melhoradas constantemente, até mesmo pelo fato que a renovação do que é necessário esta em constante mudança.

O ponto focal nessa frase é como conhecer o caráter sem conviver com a pessoa. Me lembrei da frase que ouço, e falo, frequentemente: ”Para se conhecer alguém tem que se comer um saco de sal”.

Penso que o conhecer alguém esta associado ao caráter, e isso pode levar tanto tempo quanto o necessário para consumir um saco de sal.

Então surge a possibilidade de buscar referencias para conhecer a pessoa. Entretanto, “a referencia” é uma associação a visão de quem dá a opinião com base em sua lente de mundo.

Um pouco complexo, né?

Então fiquei bem curioso, como você faz para avaliar o caráter de uma pessoas? Quais são os critérios para essa analise não ser influenciado por suas lentes que geram a visão de mundo. Ou será, que a sua analise do caráter não passa de um julgamento baseado em suposições?

Então, qual a sua dica?