VELOCIDADE E PRODUTIVIDADE, QUAL É A CORRELAÇÃO?

Imagine que seus resultados fossem um grande feixe de energia em direção ao seu alvo, sendo que a maior produtividade é proporcional a quantidade de feixe que atinge o centro do alvo.

Neste sentido, errar o centro significa que você pode se desviar tanto para cima quanto para baixo. Isso traz consigo a conexão entre precisão e produtividade.

Imagine você dirigindo e a frente existe um pedágio. Você só precisa passar por ele, sem parar para pagar. Como você faz para aumentar a quantidade de carros passando pelo pedágio (você alcançando o alvo)?

Se você pensou que basta aumentar a velocidade dos carros, e consequentemente passará mais carros… você cometeu o erro que muitos fazem e enfrentam diminuição da produtividade.

A velocidade deve ser proporcional ao acerto no alvo desejado. Se os carros forem com alta velocidade, a possibilidade de não conseguir passar pelo pedágio e colidir é enorme. Assim, maior velocidade pode significar menor quantidade de carros passando pelo pedágio devido as colisões.

O aumento da velocidade só significará maior produtividade se não ocorrer o desvio da precisão. Se deseja ser produtivo, aumente sua velocidade até o ponto que ela não tenha impacto na dispersão dos resultados.

Ao invés de ir mais rápido, invista em ter maior precisão.