A importância de REORGANIZAR

Essa semana tive uma experiência muito interessante. Geralmente tenho muito empenho, e coloco muita energia no planejamento. Eu acredito que ao visualizar as interfaces e interlaces existentes nas ações de hoje ao futuro é essencial para realizarmos o que desejamos de maneira sustentável.

A ponte entre a meta e sua realização é a disciplina. Imagine o quão desafiador é manter a consistência sem a clareza que diferencie entre o que DEVE ser feito e o que PODE ser realizado.

Separar o DEVO fazer do POSSO realizar só é possível quando souber claramente o que reside na meta e quais os caminhos da realização. Aqui reforço a importância de planejamento.

Recentemente, ouvi de um instrutor que as empresas sabem planejar, mas possuem dificuldades em realizar o plano. Isso ficou reverberando por alguns dias até que associei com a clareza do caminho e disciplina.

De forma opinativa, e sem a pretensão do certo ou errado, tive algumas alucinações. Primeiro, os planos são criados e com a motivação adequada começa a ação gerar movimentos, mas a motivação é um combustível que queima rápido e com isso a velocidade diminui até reduzir-se a estagnação.

A redução da velocidade ocorre naturalmente por acharmos que uma vez planejado não precisamos reprogramar. Pouco a pouco, o desvio da linha original vai ocorrendo a ponto que as ações não se associam com o plano original e perde-se o motivo a realizar-se as atividades.

Agora imagine, se investir em um planejamento e usar como uma orientação da direção, com a consciência da necessidade ajustes e alinhamentos constantes. Certamente, as ações e motivos seriam revigorados por ter sentido a atividade com o planejamento estratégico.

Planejar é importante, replanejar é essencial para manter os motivos para ação e assim a disciplina se torna natural. O problema não é a falta de disciplina, mas sim deixar o distanciamento entre a meta e realização.

Quando a meta e a realização é muito divergente a ponte é sacrificada, e por isso a disciplina é deixada ao lado.

Adquira o habito de replanejar o que foi planejado como fonte de alimento para sua disciplina e motivação. Sabe o motivo disso? Neste momento, a aderência é renovada e assim a disciplina vive.

Hoje eu replanejei, realimentando a minha fonte de disciplina e regenerando a aderência necessária para criar a ponte entre a minha meta e minhas realizações.

Planeje, replaneje, e com disciplina se mantenha em ação.