O brilho do novo está na pergunta

Tenho certeza de que a obviedade desta reflexão é tão evidente a ponto de muitos se identificarem. De repente, somos bombardeados pelo excesso de perguntas

Errei e agora?

Em tempos onde estamos diariamente expostos e onde tudo e todos veem e são especialistas em quaisquer assuntos, cresce a cobrança de não cometer erros.

Foco no positivo? Isso é besteira…

Fique até o final, você vai perceber a importância da moeda. Se jogarmos uma moeda para cima, um lado cairá voltado ao chão e outro

A insatisfação permanente

Nós corremos atrás de objetivos e métricas que ainda não alcançamos, e, quando os conquistamos, planejamos outros para uma nova corrida. Isso ocorre com você

Reconhecer é simples, mas nem sempre é fácil… concorda?

Pausa na reunião de cinco minutos para café, e respirar um pouco também. Rapidamente pego um café e cumprimento quem estava na copa. Ao começar

Isso é uma crítica construtiva…

Já fiz isso, e quanto tempo perdi… Provavelmente, isso não ocorreu apenas comigo, mas quantas vezes ouvimos críticas julgadas construtivas, como forma sutil de dizer

1 2 3 4 5 9